Um estudo conduzido pela Universidade de Queensland, na Austrália, conseguiu avaliar os efeitos diretos do contato com a natureza na saúde humana. De acordo com a pesquisa, passar apenas 30 minutos semanais em parques poderia reduzir em 7% os casos de depressão e em 9% os casos de pressão alta.

Os benefícios de ter contato direto com a natureza são muito, inegáveis e conhecidos há muito tempo. No entanto, está é a primeira vez que os cientistas conseguiram colocar essas informações em números, que influenciam diretamente os indivíduos e os governos, pois podem direcionar novas políticas públicas e investimentos.

Continue lendo a matéria no CicloVivo

Deixe logo abaixo o seu comentário