No mountain bike, teve “Brazilian Storm”, com Henrique Avancini comodestaque sul-americano na Copa do Mundo de Nove Mesto na Morávia, na República Tcheca, ao completar a prova em sexto lugar. Rubinho Valeriano também foi bem na Copa do Mundo e terminou em 50º, entre 145 ciclistas, a apenas cinco minutos do campeão.

Pódio por equipes em Nove Mesto na Morávia (Michele Mondini / Divulgação)

A disputa da Copa do Mundo UCI de Mountain Bike teve início na sexta-feira (25), com a corrida do short track (XCC). Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing Team) foi um dos representantes brasileiros na elite masculina e completou em 14º. O campeão foi o Samuel Gaze, da Nova Zelândia. Já neste domingo (27) foi a vez do cross country olímpico, vencido pelo suíço Nino Schurter. Além de Avancini, sexto colocado, e de Rubinho Valeriano (Sense Factory Racing), 50º.

Henrique Avancini na Copa do Mundo (Michele Mondini / Divulgação)
“Estou bastante feliz. Fiz uma corrida muito sólida. Terminei muito próximo do pódio, apenas sete segundos do quinto colocado e 12 da quarta colocação. Estou satisfeito e sigo crescendo para o decorrer da temporada. Meu objetivo maior era ter consistência e acho que estou conseguindo isso. Tenho margem de melhora durante o ano e estou feliz. Minha equipe andou bem, com terceiro do Marotte (FRA) e quinto lugar do Fumic (ALE). Vencemos a etapa entre os times e acredito que tenho tudo para evoluir”, contou Avancini, ciclista que fez em Nove Mesto a estreia do novo grupo XTR M9100 de 12 velocidades da Shimano.

Deixe logo abaixo o seu comentário