Evento cresce de olho em marcas, produtos e serviços que vão além da bicicleta

Em um momento no qual a bicicleta se torna cada vez mais protagonista da mobilidade urbana, do esporte e do lazer, a Shimano confirma a realização da 10ª edição do maior festival de bikes da América Latina. Com a missão de ser um evento da bicicleta para toda a família, o Shimano Fest ocorrerá no Memorial de América Latina, em São Paulo, entre os dias 22 e 25 de agosto.

De acordo com Rogerio Tancredi, gerente de marketing e comercial da Shimano Latin America, o evento crescerá para este ano, com mais datas e atrações, maior espaço de exposição e uma pista do Test Ride mais extensa, entre outras novidades. “Esta é uma grande oportunidade para as marcas estarem perto do consumidor final. E não apenas para aquelas ligadas diretamente ao ciclismo, pois quem pedala também consome outros produtos e serviços, principalmente, aqueles que pregam o bem-estar, o life style e a mobilidade”, ressalta o executivo. Em 2018, o evento recebeu 6.500 lojas e 190 marcas do segmento que movimentaram mais de R$13 milhões em negócios nos três dias do evento (+20% na comparação com 2017).

Neste ano, serão quatro dias de festival e a expectativa é superar o público em torno de 20%, se comparado com o evento 2018, atingindo 39 mil visitantes. O espaço total também irá crescer, alcançando todo o Memorial da América Latina, uma área de 22 mil metros quadrados que poderá abrigar ainda mais empresas, entre os quais estão expositores, lojistas e outros players que queiram conquistar a atração deste mercado. Os dois primeiros dias (22 e 23/8) serão dedicados aos profissionais do mercado e às negociações B2B. No final de semana (24 e 25/8), o festival será gratuito e aberto ao público.

“Para 2019, criamos novas áreas com o objetivo de atrair mais parceiros de todas as partes do Brasil. É o caso do espaço Trend, que veio para democratizar ainda mais o evento, um local personalizado com stands de 4 metros quadrados direcionados a pequenas montadoras e framebuilders (construtores de bicicletas sob medida)”, comenta o executivoHaverá ainda um espaço aberto para lojistas e outras empresas que queiram comercializar seus produtos no varejo. Com todas estas mudanças, que inclui ainda o aumento na área coberta dos expositores, o evento crescerá mais 5 mil metros quadrados de área total.

A organização do evento também investiu na criação de um portal do expositor, para centralizar e facilitar todas as informações, incluindo os processos de reservas, formulários, credenciamento.

O que não mudou é o objetivo do evento em difundir a cultura da bicicleta no País, levando os benefícios e prazeres da bicicleta para um maior número de pessoas, em um ambiente tranquilo e descontraído. E para atender todos os públicos, o Test-Ride, um dos grandes sucessos do Shimano Fest 2018, será reformulado com uma pista maior e divertida, o que permitirá ao participante uma experiência mais enriquecedora. Serão diferentes modelos e tipos de bicicletas para testar, para agradar a todos os públicos: das Mountain Bikes de alta performance até as bikes urbanas e elétricas.

No kick off também foram confirmadas as famosas competições esportivas, os shows de música, as atividades para crianças e atrações para mulheres, além de palestras e workshops.

Em virtude do sucesso da mudança do Shimano Fest para o Memorial da América Latina no ano passado, que contribuiu para um aumento de 20% no número de visitantes, o local será mantido. Trata-se de uma região central, com fácil acesso, inclusive cicloviário, ao lado do Metrô Palmeiras Barra Funda. E para contribuir ainda mais com o conforto do visitante, a organizadora construirá uma passarela exclusiva sobre a Avenida Auro Soares de Moura Andrade, para ligar os dois espaços do Memorial da América Latina.

Opinião de quem participa

Foi confirmado ainda o segundo Passeio Ciclístico Shimano Fest & Santuu, uma atividade que extrapola os limites do Memorial da América Latina. “Em 2018, a nossa pedalada foi de 1.600 ciclistas e neste ano a nossa expectativa é atingir 4.000 inscritos que chegarão ao mesmo tempo no Shimano Fest”, comenta Rodrigo Del Claro da Santuu.

Para Ciça Toledo, do projeto Quero Pedalar – startup que tem como meta capacitar instrutores e ensinar as pessoas a pedalar, promovendo um trabalho de inclusão ao ciclismo – “o evento de 2018 foi fantástico, pois conseguimos oferecer para a população a oportunidade de subir pela primeira vez em uma bicicleta. Tínhamos crianças, adolescentes, adultos e idosos, até deficientes visuais que puderam receber as primeiras orientações”.

Aquecimento durante o ano

E as novidades não ficarão apenas no evento em agosto. Como já é tradição, para divulgar o festival, a Shimano realizará, nos próximos meses, diversos encontros descontraídos com lendas do ciclismo, personagens da bicicleta, pessoas que tenham uma história interessante com a magrela, conhecidos como Shimano Fest Convida.

O último aconteceu nesta quarta feira, 17/4, e trouxe do Legado das Águas, a maior área de conservação da Mata Atlântica e que se abre como um circuito interessante para atividades outdoor. A conversa também teve participação Felipe Feliciani, Analista de Conservação do Programa Mata Atlântica do WWF-Brasil.

O Legado é um paraíso para prática de diversas atividades de ecoturismo com trilhas, travessias e atividades aquáticas sempre com muita segurança e respeito ao turista e ao meio.

“Inauguraremos em breve a Rota Cicloturística com 37 km, que possibilitará atravessar o Legado das Águas de uma extremidade à outra, uma atividade direcionada aos mais experientes. Há ainda um percurso de 3 km de singletrack para dar um gostinho maior de aventura. Essa experiência de MTB também pode ser vivida por aqueles que curtem um estradão para treinar para campeonatos de cross country e/ou maratona”, explica William Mendes, gestor de ecoturismo, uso público e esportes do Legado.

“Esta é uma grande oportunidade para e juntar fãs e ídolos para compartilhar ideias e conteúdos sobre o meio ambiente e o esporte”, afirma João Magalhães, coordenador de comunicação da Shimano Latin America.

Deixe logo abaixo o seu comentário