Uma vez vi uma reportagem sobre atletas de finais de semana, e nunca mais me esqueci. A reportagem dizia que a incidência de ataques cardíacos e mortes nestes “atletas” era muito maior do que aqueles que praticavam atividades regularmente, pois como viviam uma vida sedentária ao longo da semana, e aos fins de semana, é comum transformar-se em um Bolt dando tiros de 90 metros no campo de futebol, ou ainda dando aquelas super esticadas e pegar alucinantes com os amigos, como se tivesse na etapa final do Tour. Nos que pedalamos longas distâncias, o recado também é válido.

Pois bem… Veja o que o Dr. Ricardo Rodrigues tem a dizer para todos nós. Atenção galera!!!

Deixe logo abaixo o seu comentário