A sequência de três pódios nas três últimas provas da Copa do Mundo UCI de MTB na modalidade do cross country, nas etapas da Itália e de Andorra do evento, garantiram ao ciclista Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) uma boa vantagem para seus rivais na disputa de número 2 do mundo. Enquanto o suíço Nino Schurter lidera com folga o ranking mundial, ao somar 2.372 pontos, Avancini segue firme em segundo lugar, com 1.706. Ele está 219 e 239 pontos à frente de seus dois principais concorrentes pelo posto, os franceses Stephane Tempier e Maxime Marotte, respectivamente. O italiano Gerhard Kerschbaumer completa o top 5, com 1.396 pontos.

Ciclista foi destaque em Vallnord (Michele Mondini / Divulgação)

O atleta petropolitano desembarca no Brasil em alta, após ter sido um dos principais destaques da etapa de Vallnord, em Andorra, da Copa do Mundo de MTB. Com uma vitória inédita no short track (XCC) e outra quarta colocação no cross country olímpico (XCO), repetindo seu melhor resultado na prova olímpica do evento, na disputa de Val di Sole (ITA) na semana anterior, Avancini somou 160 pontos no ranking e pulou de 1.546 para 1.706 pontos. Enquanto Tempier garantiu 50 pontos com o 28º lugar no XCO, Marotte teve adicionados 56 pontos com a 25ª posição.

Henrique Avancini subiu também no ranking da Copa do Mundo UCI de MTB, após somar 275 pontos com os resultados das duas provas. O atleta do Shimano Sports Team pulou de quinto para o terceiro lugar e tem agora 861, atrás de Nino Schurter (1.405) e de Mathieu Van Der Poel (1.080). Seu companheiro de equipe Cannondale Factory Racing, o francês Maxime Marotte, é o quarto do ranking da competição, com 827 pontos. O suíço Florian Vogel completa o top 5, com 777 pontos.

Próximo desafio – Após a etapa da Copa do Mundo de Andorra, o ciclista do Shimano Sports Team embarcou para o Brasil, onde disputará no fim de semana a edição de 2018 do Campeonato Brasileiro de MTB Cross Country Olímpico, no Lar Nossa Senhora Aparecida, em Parelheiros, em São Paulo (SP). Henrique Avancini já venceu 12 vezes a competição, entre as categorias de base e a elite. Na principal categoria, Avancini é tricampeão nacional, tendo vencido os títulos em 2013, 2015 e 2016.

1 Comentário

  1. A cannondale deveria inovar ainda mais e lançar uma suspensão com conjunto de freio/pinça fixo na suspa, facilitaria uma eventual troca de roda sem ter a preocupação de encaixar o rotor entre as pastilhas.

Deixe logo abaixo o seu comentário