Após meses de testes com ciclistas profissionais do World Tour de estrada e do MTB cross country, a Shimano revela o nome e as características das novas sapatilhas que todo mundo está comentando. Trata-se da nova linha de sapatilhas de elite, S-PHYRE, que atinge a ambição da marca japonesa de criar a tecnologia em sapatilhas, mais avançada no mundo do ciclismo. As sapatilhas estarão disponíveis no Brasil a partir do final deste ano.

O conceito do S-PHYRE tem um objetivo definido: maximizar a força de transmissão de potência na pedalada, entregando melhor performance e fazendo uso mais eficiente da conexão entre bicicleta, sapatilha, movimento do ciclista e seus músculos. A linha estará disponível com uma variedade de sapatilhas de desempenho em combinação com meias para ciclismo de estrada, cross-country e cyclocross.

Shimano S-PHYRE RC9 – A sapatilha RC 9 para ciclismo de estrada é o auge deste conceito, tendo sido testada exaustivamente na temporada de 2016 pelo Team Giant-Alpecin, LottoNL-Jumbo e ciclistas como Michael Matthews da Orica-BikeExchange’s. A parte externa em peça única é feita de material flexível, resistente a esgarçamento e altamente respirável em microfibra de couro sintética – Teijin Avail, com respiradouros ondulados perfurados, que oferecem um encaixe tipo luva.

O mecanismo de fecho funciona com dois discos tipo Boa IP1 com laço de arame para permitir rápidos e precisos micro ajustes. Um apoio de calcanhar externo, junto com a eliminação da borda da moldura da sapatilha, ajuda na redução de 232g permitindo uma descarga maior de potência por meio de uma sola de carbono ultra rígida. Disponível em azul, branca e amarelo, com uma boa variedade de tamanhos e larguras incluindo meias medidas.

Shimano S-PHYRE XC9 – Por outro lado, a sapatilha XC9 combina os benefícios da transferência de potência das sapatilhas de Estrada com as qualidades robustas que são necessárias para corridas off-road. A sola minimiza o peso de 325g (tamanho 42) e oferece maior tração em cima de pedras e raízes e aderência para pedais SPD. Travas moldadas, assimetricamente posicionadas, ajudam a oferecer aderência, aumentando a combinação vencedora do XC9 em condições extremas. Disponível em azul e amarelo, tamanhos entre 36-48 e opções de ajuste de largura.

Para aumentar a transferência de energia e poder entre o calçado e o piloto, as sapatilhas S-PHYRE RC9 e XC9 são vendidas em cores que combinam com meias longas usadas a nível profissional.

Essas meias são projetadas com ventilação única para regulação de temperatura, amortecimento com conforto em áreas de pressão, construção anatômica com contornos em tecido nas guias de tornozelo, estabilidade no calcanhar com tecnologia antiderrapante, com um punho alto que garante que a meia não desça na perna.

Fonte:http://bike76.com

SEM COMENTÁRIOS

Deixe logo abaixo o seu comentário