Ontem não deu pra comentar o ocorrido no Le Tour de France 2017, mas os ânimos estavam afoitos nos últimos metros da linha de chegada.

No vídeo abaixo, no segundo 50, você poderá ver Mark Cavendish correndo por fora e Peter Sagan por dentro, ambos em uma disputa acirrada e e em busca do primeiro colocado, que também foi o vencedor da etapa, o francês Arnaud Demare.

A etapa terminou com Sagan em segundo colocado no geral e Cavendish bastante machucado e atropelado pelos demais atletas.

O fato é que mais tarde, a organização do Le Tour de France, resolveu expulsar Peter Sagan sobre a cotovelada dada em Cavendish.

“No sprint eu não sabia que Mark Cavendish estava atrás de mim”, disse Sagan na nota. “Ele estava vindo pela direita eu eu estava tentando seguir a roda do Kristoff. Ele veio pra cima de mim e depois caiu para a cerca. Quando fiquei sabend que ele havia caído, fui imediatamente saber como ele estava. Somos amigos e colegas no pelotão e quedas assim nunca são legais. Espero que ele se recupere logo”, disse Sagan.

A Bora-Hansgrohe (equipe do Peter) em nota para a impressa, informou que um protesto oficial foi registrado, mesmo sabendo que as chances de reversão são mínimas.

Do outro lado, Mark Cavendish confirmou seu abandono ao evento deste ano.

“Mark sofreu uma fratura na escapula direita. Felizmente ele não precisa operar e o mais importante é que não houve danos nos nervos. Ele foi retirado da corrida por motivos óbvios e vamos continuar monitorando sua melhora nos próximos dias” explicou em nota Adrian Rotunno, médico da equipe.

Na internet, muitas polêmicas e conversas entorno deste assunto estão sendo feitas por atletas amadores e profissionais. De qualquer forma, o evento perde um pouco do brilho deste ano.

Tire suas conclusões caso ainda não tenha visto o vídeo:

Visão da Frente

SEM COMENTÁRIOS

Deixe logo abaixo o seu comentário