Ontem postei um artigo sobre o bancário Ricardo Reis, que no ano de 2011 atropelou 17 ciclistas em meio a um evento denominado “Massa Crítica” em Porto Alegre.

Neis foi condenado a 12 anos e nove meses de prisão, em regime fechado, pela 11 tentativa de homicídio e cinco acusações por lesão corporal.

A defesa disse que vai recorrer da sentença e enquanto isso ocorre, Neis poderá ficará em liberdade.

O Julgamento durou dois dias e contou com uma intensa mobilização dos grupos de ciclismo de Porto Alegre.

A reportagem completa do UOL você pode ver aqui, e o nosso post sobre o assunto e inclusive ver o vídeo do atropelamento, aqui!

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixe logo abaixo o seu comentário