À alguns meses atrás comentei sobre o fato da GoPro estar trabalhando no desenvolvimento de uma câmera de ação com baixo custo de desenvolvimento, o que iria refletir diretamente no custo final para o consumidor final.

A notícia ganhou força e que o projeto SERIA lançado somente no segundo semestre deste ano, 2018. Como disse: SERIA.

A GoPro lançou a câmera recentemente batizada de GoPro Hero (sem sobrenomes mesmo), e ao contrário das irmãs mais caras que surpreendiam em seu lançamento, não veio acompanhada daqueles vídeos em resolução que chega a saltar os olhos, imagens de ação e coisas do tipo.

Destinada ao publico que busca uma ótima gravação, a um preço mais “cômodo”, a Gopro Hero vem preencher a lacuna do custo x benefício.

Por fora é igual a Hero 6, mas por dentro grava em 1440p ou 1080p a 60 fps e tira fotos a 10 MP, o que é suficiente para quem não quer fazer nada de profissional. Além disso, submerge até a 10 metros de profundidade, tem controles por voz, touch screen de 2″ e oferece estabilização integrada e continua conectando-se a outros dispositivos por meio do aplicativo.

Ficou interessado? Apenas $199 dólares (R$ 660,00 na cotação de hoje, e em conversão direta). No Brasil, ainda sem previsão.

Esta é uma aposta da empresa, visto que após a péssima entrada no mercado de Drones, rumores sugerem que ela possa ser vendida este ano para ganhar mais fôlego e retomar a hegemonia no mercado de câmeras de ação.

Deixe logo abaixo o seu comentário