Quando chegou ao Brasil, na sexta-feira (21), para sua primeira visita a São Paulo a fim de abrir o Arnold Classic South America, Arnold Schwarzenegger revelou o desejo de conhecer um pouco mais da cidade do jeito que mais gosta, de bicicleta. Na tarde deste domingo (23), o astro aproveitou uma brecha na agenda do evento que leva seu nome, pegou uma bike e foi pedalar na capital paulista.

Arnold andou durante 1h15min. Saiu do hotel e seguiu em direção a Ponte Estaiada, passou por baixo da Ponte e entrou na ciclovia da avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini. Seguiu pela rua Funchal e chegou ao Parque do Povo. Depois de andar pelo Parque fez o caminho de retorno em direção ao hotel, que fica entre a Berrini e a Marginal Pinheiros. “Eu adoro pedalar pelas ruas, parques e avenidas, é o melhor meio de conhecer os lugares e faço isso em todas as cidades em que me hospedo, especialmente onde o Arnold Classi está sediado”, afirmou Schwarzenegger, que elogiou as belezas urbanas da capital paulista, que tem quase 500 quilômetros de malha cicloviária, extensão que cresce aos finais de semana, com as ciclofaixas.

O domingo de Schwarzenegger teve pedal de manhã e a tarde. Antes de passear pela ciclovia, Arnold participou de um evento de bike no topo de um prédio na zona sul de São Paulo. Chamado Cycling In The Air, foram disponibilizadas 40 bicicletas ergométricas instaladas no heliponto do Tower Bridge Corporate, para um aulão da modalidade. A atividade fez parte da programação do Arnold Classic South America.

Depois do Cycling in The Air, Schwarzenegger fez sua última visita ao evento que tem seu nome. Uma vez mais, levou o público ao delírio ao passear pelos estandes dos expositores e arena esportiva. Acompanhou de perto o Desafio Internacional Brasil x Suécia de Luta de Braço. As brasileiras deram show, com as vitórias de Gabriela Vasconcelos e Tatiane Faria sobre as suecas Fia Reisek e Victoria Karlsson. Com o placar de 5 x 0 a favor de ambas, Gabriela e Tatiane não deram chances para suas rivais. As duas lutas finais foram ainda mais especiais para as vencedoras em função da presença ilustre do “Exterminador”. Além da luta de braço, o encerramento do evento contou com as finais do V Open Internacional de Karate, 3º Copa Pan-Americana de Pole Dance, Campeonato Brasileiro Amador de Bodybuilding, entre outras atividades, como xadrez e strongman amador.

Arnold fez a festa dos participantes do Cycling In The Air
(Rodrigo Dod/Savaget)

Nesta segunda-feira (24), Schwarzenegger e diretores do Arnold Classic South America tiveram um encontro com o prefeito de São Paulo, João Doria, ainda em clima de comemoração pelos grandes resultados do evento realizado no feriado prolongado de 21 de abril, no Transamérica Expo Center. Em sua primeira edição na capital paulista cresceu de 30% em relação ao ano passado e gerou de mais de 100 milhões de reais em volume de negócios. Para isso, atraiu 150 expositores para a feira de nutrição esportiva e fitness, que receberam 4.520 lojistas, 50% a mais que em 2016.

“Também impactamos positivamente na economia da cidade com a criação de 5 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, reunimos um público extraordinário e altamente qualificado, mesmo no meio de um feriado. Contamos com os fãs de esportes em geral, além de nutricionistas, atletas, professores de educação física e demais pessoas envolvidas com esporte e saúde de todo o País”, afirmou Luis Felipe Bonilha, diretor da feira ao lado de Ana Paula Leal, ambos sócios de Schwarzenegger no evento.

Fonte: Bike76.com

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVídeo motivacional da segunda-feira. A luta continua…
Próximo artigoPeba no nível Hard
Filipe

Entusiasta e “praticador” de esportes. Aprendeu a nadar ainda criança e descobriu o ciclismo graças ao pai, que ainda cedo o levava para passear na cidade. Desde então, sempre que pode, dá uma voltinha de bicicleta.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe logo abaixo o seu comentário