A Archer Components entrou em cena. A empresa, localizada em Santa Cruz na Califórnia, anunciou recentemente a produção de um novo dispositivo que permite “converter” qualquer sistema de transmissão mecânica de bicicletas em um sistema eletrônico sem fios.

Por meio da tecnologia Bluetooth, um trocador de marcha instalado no guidão da bike, aciona um pequeno motor (instalado no chainstay – fixado por meio de tiras de velcro) que se encarrega de movimentar o cabo de aço e que movimenta o câmbio traseiro.

Obvimente, há uma pequena redução no peso da bike, já que conduítes e cabos de aço são eliminados. De quebra o visual da bike acaba ficando mais limpo. O sistema é alimentado pelas modernas baterias de lítio-íon, com autonomia de 1.000 trocas de marcha por carga, o que quer dizer que nem tão cedo você precisará recarregar. Esse numero deve variar, visto que há câmbios com molas mais duras, o que faz com que mais energia seja gasta para a troca. Para os competidores, a empresa promete uma troca até 50% mais rápida entre marchas.

No total, o Archer D1x pesa apenas 125 gramas e seu preço médio de venda do conjunto será de 350 euros (cerca de 1.180 reais). A fabricação começa em janeiro/18 e deve chegar as lojas até o meio do ano.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe logo abaixo o seu comentário